Rolar até o conteúdo
Rolar até o rodapé

Publicado 20/06/2022 às 08:42

Whatsapp Twitter Pinterest Google Plus Facebook

Alto Feliz é destaque estadual em saúde básica e preventiva

Alto Feliz é destaque estadual em saúde básica e preventiva
Alto Feliz é destaque estadual em saúde básica e preventiva

Alto Feliz se destaca em saúde básica no RS

        As ações continuadas, sempre tendo por meta a qualidade no atendimento e prestação do serviço, colocaram a saúde pública de Alto Feliz em destaque.

        Em destaque estadual, importante ressaltar! O município ocupa um significativo 26° lugar entre os 497 municípios do Rio Grande do Sul em desempenho na atenção básica. Mais: na extensa área da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde, que tem sede em Caxias do Sul, Alto Feliz ocupa o 3º lugar numa lista de 49 municípios.

       Os dados, que merecem ser comemorados, são relativos ao 1º quadrimestre de 2022.  Os números são do governo federal, divulgados no Previne Brasil, programa foi criado para fins estatísticos e de comparação, estimulando os municípios a investirem em saúde primária.

        A atenção básica envolve uma série de itens, aos quais é dada atenção diária nas mais diferentes ações de saúde pública preventiva. Além do mais, é preciso sempre prestar contas às autoridades do que é feito, por meio da alimentação de vários sistemas de informação.

        O Previne Brasil foi criado em 2019 e condiciona a distribuição de verbas para diferentes programas na saúde a partir da observância e cumprimento de critérios como pagamento por desempenho, considerando os indicadores de saúde, e incentivos para ações estratégicas. Isso envolve a adesão a programas e ações do Ministério da Saúde.

        O objetivo maior é ampliar o acesso das pessoas nos serviços que envolvem atenção primária, e a administração municipal tem se empenhado em aderir a todos os programas que promovam a saúde.

      ’Acredito que é importante o apoio e entusiasmo da equipe para aderir a todos os programas e estimular o engajamento da população neles. E estes programas precisam acontecer na prática, já que refletem diretamente na qualidade da saúde das pessoas, no retorno financeiro para mais investimento e na classificação dos municípios por desempenho-, destaca a secretária municipal da Saúde, Bruna Somagal Palavro.

Acesso rápido